Homem morre após ser atingido por um disparo de arma de fogo na cabeça

As informações são de que o disparo pode ter sido acidental e provocado pela própria vítima

196

Um homem de 43 anos, não teve o nome identificado, morreu nesse sábado, 7, após ser atingido com um disparo de arma de arma fogo na cabeça. De acordo com relatos, ele estava caçando animais silvestres a cerca de 16 Km em uma mata localizada em uma fazenda, situada na zona rural de Araguaína.

A vítima havia se deslocado ao local juntamente com dois amigos para caçar. Os três fixaram pontos de espera pendurados em rede, cada qual em seu ponto específico separados cerca de 500 metros um do outro e se comunicando por rádios HTs.

Ainda segundo os relatos, foi ouvido um disparo por volta das 19 horas, em seguida os companheiros tentaram comunicação com a vítima, no entanto, não conseguiram. Acreditando ser um problema de comunicação ao se direcionarem ao local já na manhã desse domingo 8, localizaram o corpo da vítima.

Segundo informações da Polícia Militar, uma equipe se deslocou ao local onde o corpo do homem vitimado estava ao solo, quando foi observado que ele estava dependurado em uma rede a uma altura aproximada de quatro metros, quando sofreu o disparo, na face, com sua própria espingarda calibre 36, ferindo a mandíbula saindo no crânio e posteriormente caiu ao solo onde evoluiu a óbito.

Ainda segundo informações da polícia, a perícia técnica compareceu ao local e informou que tudo leva a crer que tenha sido de fato um disparo acidental. Após o disparo, a arma também caiu ao solo e se encontrava com um cartucho deflagrado.

Após ser periciado, o corpo da vítima foi conduzido para o IML para exames mais detalhados de necrópsia.

COMENTÁRIOS FACEBOOK