Comitiva da CouroNorte participa com mais de 200 cavaleiros na 31ª Cavalgada de Araguaína

31

Grupos de cavaleiros e amazonas já podem se preparar para participar da 31ª Cavalgada de Araguaína. O desfile, que será realizado no dia 9 de junho, a partir das 8 horas, faz parte da programação da 51ª Exposição Agropecuária de Araguaína (Expoara 2019).

A Feira será realizada de 6 a 16 de junho, no Parque de Exposições Dair José Lourenço, em Araguaína.

De acordo com o Sindicato Rural de Araguaína (SRA), responsável pela produção da Feira, as comitivas sairão do entroncamento e percorrerão as principais avenidas da cidade localizada ao norte do Estado.

Como era já esperado, a comitiva, liderada pelo empresário e proprietário da Loja CouroNorte, Djalmas Lemos Guimarães, já confirmou a presença mais uma vez na cavalgada considerada a maior do mundo pelo número de participantes.

“A minha participação na cavalgada iniciou em 1995. A data é esperada o ano inteiro por cada integrante da comitiva CouroNorte. Além de integrar o passeio, contribuo patrocinando grupos participantes”, contou.

Guimarães contou à equipe de reportagem do Portal Araguaína Urgente que suas comitivas sempre foram destaques nas cavalgadas, inclusive, ganhando prêmio e troféus. “Na história da cavalgada, a minha comitiva foi a mais premiada em todos os tempos. Inclusive, na edição passada, ficamos em primeira colocação. Nesse ano seremos a primeira do desfile”, ressaltou.

O empresário adiantou que, nessa edição, a CouroNorte terá a participação de 225 cavaleiros montados em cavalos e bovinos. “Já participei até com 380 cavaleiros montados nessa ordem. A nossa comitiva é composta por homens e mulheres. Na edição passada, por exemplo, tivemos 20% de participação feminina”, contou.

Loja CouroNorte
Guimarães coutou um pouco da história da Loja CouroNorte. “Essa loja foi inaugurada em 1995. Fui sócio-diretor desde o princípio. Quando o estabelecimento completou 14 anos de instalado em Araguaína, eu passei a comandar 100% das ações. Hoje, temos uma outra unidade na cidade de Xinguara (PA)”, contou o empresário, lembrando que atualmente a loja tem 25 funcionários direto e mais sete terceirizado.

Ele garantiu que o estabelecimento é referência no segmento. “Atendemos os estados do Tocantins, Pará, Maranhão e outras partes dos estados da região nordeste. Fabricamos e comercializamos tudo em couro usado na selaria de manejo, selaria de muladeiros, cavalgadas, tropeada e outros. Comercializamos tudo em material “country”, contou.

(Por: Raimunda Costa – Jornalista)

COMENTÁRIOS FACEBOOK