Falta pouco para a Via Lago se transformar em um cenário de tragédia, afirma fonte

Para o denunciante seria interessante colocar radar de velocidade no local

3477

Uma fonte do Portal Araguaína Urgente, que preferiu não ser identificada, denunciou a falta de segurança na Via Lago, principal ponto turístico de Araguaína. “A Via Lago foi construída para lazer, mas está se transformando em local de risco de atropelamento neste mês de julho com as festividades previstas para a época. A Via Lago é um ambiente onde podemos levar nossas crianças para se divertir e não ficar à mercê do perigo”, reclamou a fonte.

Segundo o denunciante, é impossível continuar correndo risco. “Não existe policiamento e os agentes municipal de trânsito não resolvem muita coisa, isso quando aparece. A única coisa que os agentes gostam de fazer é multar quando você, por exemplo, está desatendo e passa sem o cinto em algum lugar. Ah, essa multa vai chegar na sua casa! Mas na hora de fiscalizar o trânsito, notificar ou apreender veículos irregulares, não presenciamos nenhuma ação deles “, criticou.

Local de exibicionismo
Além do perigo constante, a fonte afirmou que a Via Lago também se tornou um local de exibicionismo. “Estou indo lá constantemente com a minha família e ontem [terça-feira, 9] o que notei foi um absurdo. São pessoas exibindo seus carrões e motos potentes e seus condutores aproveitam para se exibir em alta velocidade. As pessoas não podem esquecer que lá existem crianças de patins e bicicleta que dividem, ao mesmo tempo, o espaço com veículos que circulam provocando o risco. No local não há nenhuma segurança”, contou.

Contudo, segundo a fonte, após às 22 horas, dessa terça-feira, alguém apareceu e “resolveu” isolar um lado da Via. “O pior já poderia ter acontecido até aquele horário. Não pode ter um espaço aberto ao público e ao mesmo tempo circulação de veículos em alta velocidade da forma que estão fazendo no local. Nessa hora a polícia e a Guarda Metropolitana devem estar presentes. Se alguém for lá e filmar vai constatar tudo que estou falando”, afirmou.

Radar de velocidade
Para a fonte seria interessante colocar radar de velocidade no local. “A Via Lago é um espaço que merece, sim. Os pardais deveriam ser colocados de fora a fora. O pessoal adora realizar disputa de racha naquele local. Eu já presenciei várias vezes. Tem que haver uma fiscalização ou será que alguma coisa só será feita depois que acontecer o pior? Se alguém for atropelado ali, com certeza, não escapa. A minha reclamação é como cidadão e pai de família”, enfatizou.

A fonte disse ainda que falta pouco para a Via Lago se transformar em um cenário de tragédia. “Qualquer momento seremos forçados a tomar uma atitude para garantir a segurança de nossas famílias. Se alguém atropelar um filho seu com certeza vai gerar outra ocorrência. É muito desagradável o que está acontecendo”, garantiu.

Cão pitbull
Além do perigo constante dos veículos, ainda há pessoas andando no meio da multidão com pitbull sem focinheira, de acordo com a fonte. “Não estou tendo preconceito com a raça, mas é sabido de todo mundo que esse cão tem que andar com esse acessório de segurança para evitar ataques a qualquer momento”, lembrou.

Em nota ao Araguaína Urgente;

A Prefeitura de Araguaína informa que a equipe da Agência de Segurança, Transporte e Trânsito (ASTT) está realizando estudos para a implantação de radares fixos na Via Lago. Enquanto isso, a agência vem utilizando radar estático no local, em dias e horários alternados, o que já contribuiu para a diminuição significativa das infrações relacionadas ao abuso de velocidade na via.

O projeto da segunda etapa da Via Lago contempla a implantação de faixas de travessia elevadas (lombofaixas). A obra será relicitada e a previsão de conclusão é até o final deste ano. A velocidade máxima na via é de 50 km/h nas suas extremidades e de 40 km/h na parte central. A comunidade pode denunciar infratores anotando o número da placa à informando à Polícia Militar através do 190.

Sobre os cães de médio e grande porte, a Prefeitura orienta que a legislação municipal obriga o uso de focinheira nesses animais em locais públicos. O descumprimento da lei implica em multa no valor de meio salário mínimo. Já o Estado restringe a circulação destes animais em locais públicos ao horário das 22 às 5 horas, também com o uso de focinheira.

No Parque Cimba, já foram implantadas placas de orientação neste sentido. A Via Lago também será sinalizada em breve.

O Portal Araguaína Urgente entrou em contato com a Prefeitura de Araguaína e aguarda retorno.

Por: Raimunda Costa – Jornalista

COMENTÁRIOS FACEBOOK